O modelo Confiança Zero adiciona uma série de limitações para acessar redes corporativas, medida responsável por aumentar a segurança digital

Confiança Zero: conheça este modelo de cibersegurança

Todo cuidado é necessário quando o assunto é cibersegurança. Com ações cada vez mais refinadas e certeiras, as quadrilhas digitais têm aprimorado seus métodos de atuação, surpreendendo empresas com diversos grandes ataques. Pensando nisso, surge o modelo de segurança Confiança Zero (Zero Trust). 

 

Com a popularização do Malware as a Service, está cada vez mais fácil arquitetar golpes digitais. Muitas vezes os golpistas nem precisam saber programar para colocá-los em prática. Essas ameaças têm intensificado ataques ao redor do mundo, principalmente com técnicas de Ransomware.

 

O modelo de Confiança Zero para cibersegurança vem como uma forma de minimizar as brechas nos sistemas corporativos, reduzindo também as possibilidades de ataques digitais. Ao estabelecer um nível de Confiança Zero para qualquer device ou ação externa, o modelo cria ações de múltiplas verificações, inibindo possíveis riscos à segurança digital da empresa.

 

Como funciona o Confiança Zero?

 

De acordo com o guia divulgado pela TechTarget, o modelo Confiança Zero propõe que nenhum usuário deve ser considerado confiável por padrão, mesmo que seja o responsável pela manutenção de alguma área do sistema da empresa. “A autenticação de identidade e dispositivo é necessária em toda a rede, e não apenas no perímetro”, dizem os especialistas responsáveis pelo material.

 

O perímetro significa, como o nome já propõe, uma área delimitada, sendo uma primeira camada de proteção. Uma vez autenticado, o usuário ultrapassa o perímetro e tem acesso a diversas entradas da rede.

 

No entanto, ao optar por um modelo de Confiança Zero, apenas uma comprovação não é o suficiente para que o colaborador tenha acesso ao sistema como um todo. Isso dificulta possíveis hacks.

 

Ainda de acordo com o guia da TechTarget, optar por esse modelo de proteção garante:

 

  • Proteção dos dados da empresa;
  • Aumento da capacidade de fazer auditoria de conformidade;
  • Menor risco de violação e tempo de detecção;
  • Melhora na visibilidade do tráfego da rede;
  • Aumento do controle em ambiente de nuvem.

 

De modo simplificado: o usuário que acessa uma rede que adota a Confiança Zero tem apenas uma chave em mãos. Ele entra em uma porta e se depara com um corredor cheio de outras portas, para as quais a chave que ele tem não serve. Cabe a um vigia local fornecer chaves para entrar em outras portas, se o vigia entender que o usuário tem permissão para isso.

 

Conforme estudos globais, o uso do ZTNA (Zero-trust network access) poderia ter evitado diversos grandes ataques cibernéticos que aconteceram em 2020 e 2021. Apesar do grande esforço da comunidade tecnológica em massificar seu senso de importância, implementar uma rede de segurança Confiança Zero ainda não é simples.

 

Continue lendo, pois você perceberá que essa implementação é cada vez mais necessária e vale o esforço.

 

Com o aumento do trabalho remoto e do uso de VPN, diversas são as possibilidades de vazamentos de dados sigilosos. O ZTNA, no entanto, é uma ótima alternativa para essa nova realidade, pois mantém o ambiente digital protegido, identificando possíveis ataques e tentativas de roubos de dados.

 

Como aplicar o modelo Zero Trust na sua empresa

 

É altamente recomendável aplicar o modelo de Confiança Zero no ambiente corporativo. Para tanto, é necessário contratar uma equipe de tecnologia e suporte digital que possa ajudar nesses protocolos de autenticação e segurança, garantindo a proteção dos dados da sua organização.

 

Alguns pontos necessários para a implementação do modelo Zero Trust são:

 

  • Conhecer a superfície protegida (usuários, dispositivos, dados, serviços e rede);
  • Compreender os controles de segurança cibernética já em vigor;
  • Incorporar novas ferramentas e arquitetura de rede moderna;
  • Aplicar a política criada pela organização;
  • Implantar ferramentas de monitoramento e alerta.

 

Para aplicar soluções como essa na sua organização, conte com a expertise da VNX Partners. Entre em contato conosco para proteger dados sigilosos da sua empresa e de seus clientes.

 

Leia também: Uma empresa preocupada com segurança da informação é mais produtiva

Continue lendo o nosso blog!

Confira outros conteúdos desenvolvidos pela equipe da VNX Partners.